Social

Sinaceg em parceria com a Tegma distribuem máscaras para associados e motoristas

pandemia de coronavírus tem levado autoridades a tomarem uma série de medidas que envolvem a sociedade civil e as empresas. Entre elas estão a obrigatoriedade do uso de máscaras em vias e espaços públicos, transportes coletivos, ambientes de trabalho, ambientes fechados com aglomeração em todo o tipo de evento.

O objetivo é reduzir o contágio entre as pessoas, já que se sabe que o coronavírus é transmitido por gotículas e contato próximo. Inclusive, muitos são assintomáticos e, ao deixarem de usar o acessório, acabam contaminando terceiros. Para se ter ideia, um estudo desenvolvido por pesquisadores chineses e publicado na revista Science, no mês de março, apontou que até o isolamento forçado em Wuhan, 86% das infecções por Covid-19 se deu por pessoas assintomáticas. Dessas, 55% eram tão contagiosas quanto aqueles que apresentavam sintomas comuns da doença como dificuldade respiratória e febre.

Por mais que tenhamos avançado quanto ao uso de máscaras, é comum haver dúvidas quanto à utilidade e à importância como prevenção. Partindo desta preocupação com a prevenção e com os cuidados que atinge a todos, o Sinaceg (Sindicato Nacional dos Cegonheiros) fez a distribuição de 3 mil máscaras para associados e motoristas nas transportadoras nos horários de chamadas.

O Sinaceg tem acompanhado a evolução da pandemia e orientado seus associados por meio do site, das redes sociais e da revista Cegonheiro, além do material completo que se encontra em nosso E-book, que pode ser baixado também pelo site (www.sinaceg.com.br) e compartilhado pelo Whatsapp.